Nga – Rualidade Lyrics (feat. Pierslow & Deezy)

[Introdução]
[1ª Estrofe: NGA]
Eu vou atrás do pão, sábado ou domingo
Devias fazer o mesmo em vez de te preocupares comigo
Mas, como eu te digo foi assim que Deus te fez
Só tou a tentar trazer o fim do mês antes do fim do mês
Mas ele quase sempre falha
E só não falha mais porque a dama trabalha
Ou achas que eu aturo bófias por prazer
Tipo que eu não tenho mais nada pra fazer
Daí vem o comer e vem a renda
E a prenda que ta a venda na loja que é perto da vivenda
E a cota limpa pra fazer trocados
Pai bazou há bué mas também era coitado
E o meu cunhado, irmão da minha dama
Disse que essa semana me orientava uma grama
Mesmo sem massa não falta o pitéu
Tenho que me sujeitar, porque eu…
[Refrão: NGA, Deezy, Pierslow]
Eu tenho a família em casa, há minha espera, sem o que comer
Então eu vou a luta todos os dias, venha quem vier
Não me julgues mano, antes disso tenta perceber
A gente faz o que tiver que ser, para sobreviver
[2ª Estrofe: NGA]
A gente sonha parece impossível
A gente come bombas de combustível
A gente luta mas pra ser franco, é mais fácil levarmos o multibanco
A gente estuda mas nunca há emprego
Ou porque é estrangeiro ou porque é negro
Ou porque é brazuca ou porque é cigano
Esquecem das bocas que nós alimentamos
Então a gente come a ourivesaria
Limpa o kumbu, abre uma barbearia
Um café ou um salão
Assim em casa não falta pão
Na porta um BM
Prisão ninguém quer mas a gente não lhe teme
A gente tem pobreza, não tem nada na mesa
Consciência não pesa e eu so tenho uma certeza…
[Refrão]